smile-2933293__340

Queridos pais,

Como se sentem hoje? Espero que bem!

Vou directa ao assunto… Amor, namorados, relações… 🙂 ♥

Reparo em pais (mãe ou pai… é igual) que tratam os filhos com imenso carinho, imensa atenção.
Fazem-lhes tudo o que podem: preparam-lhes o pão com a manteiga e vão dar-lhes ao sofá, onde estão sentados a ver bonecos; sentam-se no sofá abraçados, ou na cama nas manhãs de sábado; dão beijinhos; falam com cuidado e explicam tudo muito bem. Riem-se juntos. E nas rua andam de mãos dadas (não só por causa dos carros e do movimento). Dos filhos aceitam tudo, aceitam até as faltas de educação de forma muito… calma – “É criança, é normal”.
Cozinham-lhes os pratos preferidos. Levam-nos aos sítios mais divertidos, porque querem que eles se sintam felizes. Brincam com eles, fazem jogos e não lhes pedem muita coisa, muito menos exigem, até porque… “é apenas uma criança”.
As festas de anos são sempre bem cheias de coisas. E não resistem em comprar aquela roupinha que vai ficar tão gira. Mesmo quando o orçamento está mesmo apertado. E parece que o tema de conversa é sempre o pequeno: como foi o dia dele, o que a educadora tinha dito, os preparativos para a festa de Natal dele, o que ele fez de novo hoje e ontem…
Que amor lindo este que os pais sentem, não é? É um amor tão gigante que já não se lembra da última vez que tirou uma foto só de si e do seu companheiro, e entretanto tem um “vírus” (até parece!) de fotos do seu filho por todo o lado e a fazer todas as diferentes expressões e mais algumas. 🙂 Ele faz coisas muito engraçadas, mas gosta mesmo, mesmo é quando ele se ri.
Diria que aquilo que acabo de descrever era uma relação (quase) perfeita… de namorados!
MAS E O COMPANHEIRO? O namorado? O marido? Ou mulher? Normalmente, o companheiro é e, não passa, daquele que ajuda na sua relação com os seus filhos. Aquele que leva as coisas para o carro, que ajuda nos banhos e a preparar o jantar. Aquele que monta e desmonta as camas e as leva de um quarto para o outro, que vai ver se o bebé acordou ou não…
Não se lembra da última vez que conversaram como deve de ser sobre a vossa vida e sobre o que ele sente. Já não reparamos nele como deve de ser (já nem em nós!).
E, muitas vezes, é visto como o “infantil”, que não percebe nada disto! A ele pede coisas sem parar, exige! Fala sem cuidado nenhum. Nem precisa de pedir “se faz favor”! Muito menos um “obrigada!”. Fala à bruta. Não tem atenção àquilo que sente ou se passa na cabeça dele.
OS PAPÉIS INVERTEM-SE COMPLETAMENTE! Dormimos com os nossos filhos enquanto que o pai vai para o sofá, trocamos a imagem dele na capa do telemóvel para o nosso filho e se o nosso marido cortar a barba já nem reparamos. Não paramos para olhar. Mas sabemos EXACTAMENTE, o que é que o nosso pequeno levou vestido para a escola e no outro dia e no outro. E o que comeu e a cor do cocó, se for preciso.
Vejo pouco os casais de mão dada, juntinhos, a conversar sem que os filhos tenham de estar no seu meio. Vejo mães a falar mal para os seus companheiros de vida, vejo os pais afastados uns dos outros… 
Pais, assim vos garanto, não há RELAÇÃO QUE SOBREVIVA, NEM CHAMA QUE SE MANTENHA ACESA. Nada contra o cuidado pelos mais novos, mas o cuidado essencial a ter é mesmo por aquele que é muito mais do que isso: é o nosso pilar, o amor da nossa vida toda, aquele que escolhemos para passar o resto da vida. Aquele que assumimos ser o pai dos nossos filhos. Sem ele esse FILHO não existia.
O FILHO é FILHO, o NAMORADO, namorado. “Cada macaquinho o seu galho”, antes que seja tarde demais.
Vamos mimar a nossa metade!
Aqui, algumas dicas de OURO para fazer A PARTIR DE HOJE!
♥ Mime a sua metade!
♥Diga-lhe o quanto o ama a olhar nos olhos, envie neste momento uma mensagem a agradecer por tudo o que ele(a) faz pela vossa família e por vocês.
♥ Combinem uma saída juntos.
♥ Reconectem-se!
♥ Abracem-se, beijem-se!
♥ FALEM com amor um para o outro com cuidado!
♥ Sejam EXEMPLOS DE AMOR E VIDA A DOIS PARA OS VOSSOS FILHOS!
♥ Sejam unidos.
♥ Comuniquem e falem sobre aquilo que VOCÊS SENTEM.
♥ Reparem um no outro, produzam-se, arranjem-se! O Mundo está cheio de mulheres e homens bonitas! CUIDADO! Cuidem de quem amam, para eles não procurarem amar mais ninguém.
♥ Dêem valor!
♥ AGRADEÇAM TODOS OS DIAS – criem este hábito.
♥ Não cobrem constantemente!
São só alguns pequenos conselhos para pais mais felizes e famílias mais fortes!
Gosto de vocês e só vos quero bem, estou SEMPRE aqui para si!
Marque já uma sessão de esclarecimento comigo… vamos ajudar a vossa família?
http://me.carolinavalequaresma.com/
Beijinho e abraço só para os pais aí em casa, Carolina ♥