Continuo com um desejo enorme, para não dizer SONHO, de ADOTAR. Para mim, há imensos anos que faz tanto sentido. Tanta criança perdida neste mundo enorme. A serem mal tratadas, escravizadas, sem família, sem um beijo, doentinhas, com fome… Carentes de tudo. 
Chegará o dia em que, pelo menos, uma delas, chega aos meus braços, não interessa a cor, não importa a língua, não importa o tamanho, não importa mais nada. 💕